Milan-San Remo 2019 - Primeiro monumento do ano tem vitória de Alaphilippe

Prova foi realizada neste sábado (23) com quase 300 km percorridos

 

 

Julian Alaphilippe (Deceunick - Quick-Step) sagrou-se vencedor do primeiro monumento da temporada de clássicas 2019, a Milan-San Remo com seus 291km de extensão. O francês superou o belga Oliver Naesen (AG2R La Mondiale) e Michal Kwiatkowski (Team Sky) na aceleração final para a meta depois de desempenhar um papel importante no Poggio, momento em que o grupo que seguiria para a sprint foi definido. 
 

A vitória mais uma vez demostra a absurda flexibilidade de Alaphilippe, um ciclista capaz de vencer tanto na subida quanto no plano, com ataques de longe ou sprints. Com o resultado, ele completa a sétima vitória da temporada 2019. O vencedor afirmou que competiu com o objetivo de vencer. 

“Estou orgulhoso da minha vitória e do trabalho da nossa equipe. O que eles fizeram por mim foi excepcional. Fiz muita força no Poggio para fazer a seleção e ver o que poderia acontecer. No fim estávamos eu e mais outros ciclistas fortes, então tentei recuperar na descida. Nos últimos quilômetros pensei 'Quero vencer - sem segundo lugar", disse.

 

Resultados
 

1 Julian Alaphilippe (Fra) Deceuninck-QuickStep 6:40:14  
2 Oliver Naesen (Bel) AG2R La Mondiale
3 Michal Kwiatkowski (Pol) Team Sky
4 Peter Sagan (Svk) Bora-Hansgrohe
5 Matej Mohoric (Slo) Bahrain-Merida
6 Wout Van Aert (Bel) Team Jumbo-Visma
7 Alejandro Valverde (Spa) Movistar Team
8 Vincenzo Nibali (Ita) Bahrain-Merida
9 Simon Clarke (Aus) EF Education First
10 Matteo Trentin (Ita) Mitchelton-Scott

Please reload

Posts Em Destaque

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo