Por dentro da principal maratona de mountain bike do mundo

Tudo que você precisa saber sobre a Absa Cape Epic, principal ultramaratona de mountain bike do planeta, que é disputada na África do Sul

 

 

A Absa Cape Epic, que começa neste domingo, completa 16 edições em 2019. A competição de oito dias, que passa pelos piores terrenos da África do Sul, entrou para lista de desejos de aventureiros de todo o globo. Todos os anos, as vagas para 1,2 mil participantes se esgotam em questão de horas. E olha que o desafio é dos grandes, seja para ciclistas amadores e profissionais, que percorrem 700 quilômetros de distância, mais de 15 mil metros de altimetria (acumulo de subidas) e o melhor clima de acampamento de montanha para recuperar as energias entre as etapas.

 

Cape Epic promove o puro espírito do ciclismo de montanha, isto é, trilhas em locais inóspitos, clima selvagem e visuais bucólicos. Para os fãs de desafios, o evento é considerado o Tour de France do MTB e reserva um Ironman por dia ao longo de oito dias consecutivos, com etapas com distância média de 100 quilômetros e mais de 8 horas de pedal por etapa. Por isso, não faltam motivos para acompanhar a principal Ultramaratona de MTB do planeta.

 

Pelotão estelar

 

A elite mundial do MTB está presente na competição que abre oficialmente a temporada dos grandes eventos de ciclismo de montanha. E o Brasil é muito bem representado pelo campeão mundial de maratona Henrique Avancini.

 

Terceiro colocado no ranking mundial da UCI e dono de bons resultados no ano, o ciclista fluminense da equipe Cannondale Factory Racing promete pedalar forte rumo ao título inédito da competição. Medalha de bronze em 2018, Avancini fez história ao levar a bandeira do Brasil a um pódio inédito. Ao lado do seu parceiro, o alemão Manuel Fumic, Henrique venceu duas etapas, vestiu a camisa de líder durante dois dias e brigou até o final pela primeira posição. Nesta edição, o atleta carioca espera ir ainda mais longe, principalmente por conta dos bons resultados no ano, como o título da 1ª etapa da CIMB, disputada no último final de semana, em Petrópolis (RJ).

 

 

“Cape Epic tem um significado especial para mim, pois disputá-la sempre foi uma das minhas ambições profissionais e também pessoais. Foi uma jornada longa até chegar aqui e ser considerado um dos favoritos. Hoje, me sinto realizado. Além disso, para este ano, tive tempo de amadurecer a parceria de trabalho e, tanto eu quanto o Fumic, estamos em uma forma muito boa”, afirma o atleta olímpico.

 

“Esta é a edição com o startlist mais disputado de todos os tempos. Algumas equipes específicas cresceram bastante para essa prova, não somente no número de atletas, mas também em qualidade. O pelotão está inflado, disputado e aguerrido. Vai ser um grande desafio poder competir bem”, analisa o brasileiro.

 

Entre os competidores, estão confirmados grandes campeões da prova, como Karl Platt/Alban Lakata, Nino Schurter/Lars Forster, Jaroslav Kulhavy/Sam Gaze e Christoph Sauser/Simon Andreassen.

 

Campeões de 2018

 

O nível da competição é realmente altíssimo, por isso vale relembrar quem foram os campeões da última edição em cada categoria:

  • Masculino - Equipe Investec-Songo-Specialized, formada por Jaroslav Kulhavy (Rep. Tcheca) e Howard Grotts (EUA).

  • Feminino - Equipe Investec-Songo-Specialized, formada por Annika Langvad (Dinamarca) e Kate Courtney (EUA)

  • Master - Equipe Wilier Force 7C, formada por Massimo Debertolis (Itália) e Ondrej Fojtik (Rep. Tcheca).

  • Grand Masters - Equipe Robert Daniel, formada por Robert Sim (AFS) e Udo Belts (Alemanha)

  • Mista - Equipe Journey by Junto, formada por Nicky Giliome (AFS) e Brennan Anderson (AFS).

Brasileiros em ação

 

Tradicionalmente, o Brasil é representado por uma legião de atletas amadores. No total serão 16 times com brasileiros. Profissionalmente, além de Henrique Avancini, o Abraão Azevedo que é tricampeão da prova, compete novamente na categoria Grand Master ao lado de Bart Brentjens, campeão olímpico em 1996. Conheça todos os atletas:

  • Cannondale Factory Racing - 3-1 Manuel Fumic (Alemanha) e 3-2 Henrique Avancini

  • CST Sandd Bafang - 66-1 Abraao Azevedo e 66-2 Bart Brentjens (Grand Masters)

  • Especialissima/Valdameri - 220-1 Tatiana Furlan e 220-2 Elciones Gervasio Valdameri (Mista)

  • Meninas Rodadas - 225-1 Magdalena Mihura (Argentina) e 225-2 Elisa Gali (Feminino)

  • Os Mineirinhos - 270-1 Robert Bauer Mendes Ribeiro e 270-2 Marcelo Araujo (Grand Masters)

  • Gato Gordo - 376-1 Leonardo Mello e 376-2 Rafael Campos (Masculino)

  • Ventura Bike Race - 377-1 Andre Assis e 377-2 Matheus Ventura (Masculino)

  • CEL ENGENHARIA - 378-2 Celio Vinicius Oliveira e 378-1 Paulo Sergio Borges De Freitas (Masculino)

  • Clarity - 452-1 Andre Costa e 452-2 Leonardo Sampaio Julio (Master)

  • Junka / OCE - 454-1 Fernando Lima e 454-2 Andre Junqueira (Masculino)

  • Pangarés - 484-1 Leandro Becker e 484-2 Joao Sichieri (Masculino)

  • FIP Moc race - 603-1 Guilherme Turano e 603-2 Denis Henriques (Masters)

  • TFAL CANNONDALE BRASIL - 606-1 Remerson Neri e 606-2 Juarez Soares Pitta (Master)

  • Kchaça MTB-Walter Tuche - 607-1 Gabriel Cabral Tavares Ferreira e 607-2 Christiano Fernandes Marinho (Master)

  • Mavericks Pro - 637-1 Fabio Augusto Kich Montijo e 637-2 Luiz Gatti (Master)

  • SSCC - GT - 667-1 Ricardo Purri e 667-2 Luiz Eduardo Vieira (Master)

Assista ao vivo

 

A edição de 2019 do Cape Epic começará neste domingo (17), na Universidade de Cape Town, com o prólogo. Em seguida, os atletas passarão por cidades como Hermanus, Oak Valley e Stellenbosch até cruzarem a linha de chegada, no dia 24, em Val de Vie. O evento poderá ser acompanhado ao vivo diariamente pelo canal oficial da Cape Epic ou pela página do Facebook. Os vídeos com os melhores momentos também serão exibidos todos os dias pelo canal no youtube da competição.

 

Please reload

Posts Em Destaque

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo