Produção de Bicicletas atinge mais de 66 mil unidades em fevereiro

 

As fabricantes de bicicletas instaladas no Polo Industrial de Manaus – PIM produziram 66.110 unidades em fevereiro, de acordo com dados divulgados pela Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares – Abraciclo. O volume representa aumento de 42,9% em relação ao mesmo mês do ano passado (46.265 unidades) e de 12,8 % na comparação com janeiro (58.611 bicicletas). Este resultado representa, ainda, o melhor mês de fevereiro desde 2012 – naquela ocasião, foram produzidas 68.060 unidades.

 

No acumulado do primeiro bimestre, a produção atingiu a marca de 124.721 unidades, alta de 27,2% ante as 98.017 bicicletas fabricadas nos dois primeiros meses de 2018.

 

Para Cyro Gazola, vice-presidente do Segmento de Bicicletas da Abraciclo, esses números refletem a melhoria de indicadores econômicos, como queda das taxas de juros e da inflação, aliada à maior confiança do consumidor. Além disso, o número de pessoas que opta pela bicicleta como meio de transporte vem aumentando consideravelmente nas médias e grandes cidades brasileiras.

 

“As redes de ciclovias crescem cada vez mais, o que facilita e incentiva a mobilidade urbana. A bicicleta hoje não é utilizada apenas como opção de esporte e lazer, mas principalmente como uma interessante e importante alternativa de transporte”, afirma.

 

Animado com os resultados alcançados até agora, o executivo reforça a expectativa da entidade de que o segmento deve registrar crescimento de 10,8% na fabricação de bicicletas em 2019, com o volume de 857 mil unidades, ante as 773.641 unidades de 2018.

 

RESULTADOS POR CATEGORIA

 

A categoria Moutain Bike (MTB) foi a mais produzida em fevereiro com 41.003 unidades, alta de 84,9% na comparação com o mesmo mês do ano passado (22.181 bicicletas) e de 31% em relação a janeiro (31.294 unidades). Nos dois primeiros meses do ano, saíram das linhas de montagem 72.297 unidades. A MTB já representa 58% da produção das fabricantes instaladas no PIM. O motivo para esta alta representatividade é que além do uso em trilhas e terrenos acidentados, a MTB vem sendo utilizada também nas cidades, devido principalmente aos seus recursos tecnológicos, como suspensões, maior número de marchas e freios hidráulicos, entre outros.

 

Em segundo lugar aparece a categoria Urbana, com 20.278 unidades fabricadas em fevereiro, alta de 5,5% na comparação com o mesmo mês de 2018 (19.219 unidades), mas com queda 1,6% em relação a janeiro (20.605 unidades). Nos dois primeiros meses, foram produzidas 40.883 unidades, o que representa 32,8% do total que saem das fábricas do PIM.

 

Em terceiro lugar está a categoria Infanto-Juvenil, que somou 3.913 unidades em fevereiro. O volume é 3,1% inferior ao registrado no mesmo mês de 2018 (4.039 unidades) e 29% menor ao registrado em janeiro passado (5.515 unidades). No primeiro bimestre deste ano, a categoria atingiu 9.428 unidades, volume que corresponde a 7,6% do mix de produção.

 

A categoria Estrada vem na sequência, com 723 unidades produzidas em fevereiro. Esse volume é 12,5% inferior ao alcançado no mesmo mês do ano passado (826 unidades) e 3,7% menor do que o verificado em janeiro (751 unidades). Nos dois primeiros meses do ano, foram produzidas 1.474 unidades, volume que representa 1,2% de participação.

 

Já a categoria Elétrica, que passou a ser incluída este ano nos dados mensais da Abraciclo, atingiu 193 unidades em fevereiro, volume 56,7% menor na comparação com as 446 produzidas em janeiro. Nos dois meses iniciais deste ano foram fabricadas 639 bicicletas elétricas no PIM, o que representa 0,5% do mix de produção total.

 

Confira a seguir as características básicas das bicicletas de cada categoria:

 

Urbana/Recreacional – caracterizada pelas bicicletas projetadas para mobilidade urbana ou recreação fora da terra. Para isto, oferecem maior conforto, com posição de pedalar mais confortável, amortecimento frontal ou não, pneus slick (com banda lisa) e semi-slick (banda com cravos bem baixos ou desenhos), para-lamas ou não e luzes de segurança.

 

Mountain Bike (MTB) – bicicletas destinadas ao público adulto, geralmente com aros de 26 a 29 polegadas, quadros full-suspension e/ou amortecimento frontal. Ideais para o uso em trilhas e terrenos acidentados.

 

Estrada – bicicletas com aro de 700 milímetros, pneus estreitos slick e quadro e garfo sem amortecimento. Destinadas às modalidades de performance no asfalto.

Infanto-Juvenil – bicicletas destinadas ao público de oito a 15 anos, nas quais o tamanho do aro varia entre 20, 24 e 26 polegadas.

 

Elétrica – inclui bicicletas com aros de 20 até 29 polegadas, de uso urbano/recreacional e mountain bike (MTB), que atendem às determinações da Resolução nº 465/2013 do Conselho Nacional de Trânsito – Contran, a saber: potência máxima de 350 watts, funcionamento do motor somente quando o condutor pedala (tipo Pedelec), não dispõem de acelerador ou de qualquer outro dispositivo de variação manual de potência e têm velocidade máxima de 25 km/h, com corte do funcionamento do motor a partir desta aceleração.

 

Os volumes de bicicletas produzidos no PIM no primeiro bimestre foram distribuídos para comercialização nas seguintes regiões do País: Sudeste, com 53,3% das unidades; Sul, 17,8%; Norte, 12,4%; Nordeste, 10,8% e Centro-Oeste, 5,7%.

 

IMPORTAÇÃO E EXPORTAÇÃO

 

De acordo com os dados do portal de estatísticas de comércio exterior Comex Stat analisados pela Abraciclo, a importação de bicicletas somou nos dois primeiros meses do ano 9.974 unidades, o que representa queda de 59,4% na comparação com o mesmo período do ano passado (24.562 unidades).

 

As bicicletas importadas vieram principalmente da China (82%, com 5.000 unidades), seguida de Taiwan (7,1%, com 435 unidades) e de Portugal (5,6%, com 341 unidades).

 

Já em relação ao mercado externo, nos dois primeiros meses de 2019 foram embarcadas 603 unidades, queda de 61,4% em relação a igual período do ano passado (1.561 unidades).

 

O Uruguai foi o principal destino, com 600 bicicletas, e as outras três unidades foram enviadas para o Reino Unido, de acordo com o levantamento analisado pela entidade.

Please reload

Posts Em Destaque

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo