Top 5 Mountain Bikes para Mulheres (2019)

 

As mountain bikes femininas sempre foram um motivo de suspeita para mim. Eu nunca realmente acreditei que uma mulher precisasse comprar uma bicicleta diferente de um homem simplesmente pro ser mulher.

 

Na minha cabeça nada justificava homens e mulheres precisarem de mountain bikes diferentes.

 

Acontece que conversando com mulheres que possuem mountain bikes específicas para o sexo feminino, entendi que de fato elas tem uma geometria mais confortavel e ajustada para suas necessidades.

 

No entanto, eu quero deixar uma coisa bem clara antes de começar a lista.

 

Não compre uma mountain bike feminina barata

 

E por barata eu digo algo abaixo de R$1000 reais.

 

Já ví redes de loja esportiva por aí (preferindo não citar o nome) que coloca um modelo de bicicleta bem simples nas cores azuis. Depois vai lá pega o mesmo quadro, pinta de rosa e cobra 100 reais a mais por ser “dedicada”.

 

Se você estiver com o orçamento curto, mas quer começar a treinar no mountain bike com uma bike feminina, eu sugiro que você comece observando a número 1 da lista.

 

Ela não é dedicada para mulheres, mas nessa faixa de preço certamente te atenderá muito bem.

 

Vamos lá:

 

1. Decathlon Btwin Rockrider ST 120

 

→ Quadro: Aluminio rígido
→ Transmissão: Shimano Tourney de 21 marchas
→ Suspensão: Btwin genérica de 100mm
→ Pneus: Btwin aro 29″ 2.1
→ Freios: A disco mecânico
→ Peso: 14,5kg
→ Preço: Por R$1399,99 na Decathlon.com.br

 

Sim, essa mountain bike não é dedicada a mulheres. Mas ela está aqui por um motivo: nessa faixa de preço você não encontrará nenhuma bicicleta feminina decente.

 

Além disso, já escrevi sobre ela em diversos outros posts do Aventrilha.

 

A Btwin Rockrider ST 120 é ideal para mulheres que estão começando no mountain bike agora e precisam economizar, mas sem deixar de lado alguns componentes muito interessantes.

 

Ela tem freios à disco, transmissão Shimano Tourney de 21 velocidades e aros 29″.  Além disso, a ST 120 tem a garantia vitalícia de quadro da Decathlon.

 

Se você está procurando uma bike nessa faixa de preço para começar no mountain bike, pode até fechar essa página já. Essa bike dará conta do recado tranquilamente

 

2. Caloi Kaiena Comp

 

→ Quadro: Aluminio rígido
→ Transmissão: Shimano Acera de 24 marchas
→ Suspensão: Zoom CH595 100mm com trava no guidão
→ Pneus: Ocelot aro 29″ 2.1
→ Freios: A disco hidráulico
→ Peso: 14,5kg
→ Preço: Por R$2699,00 na Netshoes.com.br

 

A primeira mountain bike dedicada a mulheres de nossa lista é a Caloi Kaiena Comp.

 

Essa bike não só já tem um look mais bonito que a anterior, mas tem também vários upgrades e peças  que de mountain bikes femininas de entrada não possuem.

 

A começar pela transmissão Acera. Ao invés das 21 marchas da ST 120, a Kaiena tem 24. A princípio pode não parecer muita coisa, mas basta exitir um pouco mais de uma mountain bike para notar a diferença.

 

Outra questão muito interessante são os freios a disco hidráulicos MT200 da Kaiena. Se você nunca usou freios hidráulicos, em instantes já vai perceber a diferença que faz tê-los ao invés de freios mecânicos, mesmo com esses modelos de entrada da Shimano.

 

Some a isso a suspensão Zoom, modesta, mas com trava no guidão e temos uma bela mountain bike de nível iniciante/intermediário para mulheres.

 

3. Soul Sl 227F

 

→ Quadro: Aluminio rígido
→ Transmissão: Shimano Altus de 27 marchas
→ Suspensão: Rockshox Xc30 Silver 100mm com trava no guidão
→ Pneus: Rubena 27,5″ 2.1
→ Freios: A disco hidráulico
→ Peso: 13,5kg
→ Preço: Por R$3590,00 na BikeRunners.com.br

 

A Soul veio com tudo nos últimos anos nas linhas de mountain bike. Tive o prazer de ver o stand deles lá na Serra do Rio do Rastro no ano passado.

 

A SL 227F é uma mountain bike feminina dedicada e já para ciclistas intermediárias, não mais iniciantes. Seu aro é 27,5″, bastante popular em mountain bikes feminina.

 

A Rockshox Xc30 com trava no guidão é uma bela suspensão (e bem acima da Zoom anterior). Ela não deixa nada a desejar. Seu curso de 100mm é ideal para mountain bikes de cross country com aro 27’5″ também.

 

Além disso, a transmissão já é o grupo Altus atualizado, com movimento central integrado, 27 marchas e tecnologias das linhas superiores, como passadores dual control e tecnologia Shadow.

 

Se você já está no esporte há um tempo e quer uma mountain bike feminina digna de se arriscar em treinos duros e até competições, a SL 227F vai te atender muito bem.

 

4. Specialized Rockhopper Expert Feminina

 

→ Quadro: Aluminio rígido
→ Transmissão: Uma mistura de Sunrace e Shimano Acera e Deore 2×9 (18 marchas)
→ Suspensão: SR Suntour XCR-Air com trava no guidão
→ Pneus: Specialized Fast Trak  Sport e Ground Control, 29″
→ Freios: A disco hidráulico BR-MT200
→ Peso: Não informado
→ Preço: Por R$5.399,00

 

Em seguida temos uma das minahs bikes favoritas da lista. Essa Rockhopper, além de ser uma mountain bike feminina belíssima, possui componentes de altíssima qualidade.

 

Eu dou destaque para os pneus – ítens normalmente não tão priorizados quando estamos escolhendo uma bicicleta. A Specialized teve ainda o cuidado de colocar pneus diferentes atrás e na frente. Na dianteira o Ground Control com 2.3″ de largura. Atrás os Fast Trak com 2.1″ de largura. Ambos na versão Sport.

 

A transmissão também já é muito mais competitiva que as anteriores. Com 2 coroas na frente a passagem fica mais ágil, ideal para quem já está interessada em correr.

 

A geometria da bike é uma maestria. Seguindo a tendência do ângulo do garfo mais relaxada e a mesa mais curta, ela é ideal para descidas mais técnicas também.

 

Enfim, se você está interessada e começar a correr de Mountain Bike, a Rockhopper Expert Feminina pode ser sua grande aliada.

 

5. Scott Contessa Spark 930

 

→ Quadro: Aluminio rígido
→ Transmissão: Sram NX Eagle 1×12
→ Suspensão dianteira: RockShox Judy Silver
→ Suspensão traseira: X-Fusion Nude Trunnion
→ Pneus: Maxxis Rekon, 2.4″ aro 29″
→ Freios: A disco hidráulico Shimano MT-201
→ Peso: 14,60kg
→ Preço: Por R$14.999,00 na BikePointSC

 

Então você quer algo a mais?

 

Bem, chegamos numa das bicicletas mais sofisticadas para mulheres disponíveis para prontra entrega no Brasil: a Scott Contessa Spark 930.

 

A Scott possui duas linhas renomadas de mountain bike, a Scale, para bicicletas rídigas, e a Spark, para bicicletas full suspension. Dentro de cada linha, existem níveis. A 930 é uma das mais avançadas.

 

Dito isso, é importante reforçar que se você não faz trilhas o tempo todo, compete e procura performance acima de tudo, essa bike não vai ser necessária.

 

Ela vem com os excelentes Maxxis Rekon na largura 2.4″, conjunto Sram NX Eagle de 12 velocidades e quadro full suspension.

 

A Contessa Spark 930 já é uma bicicleta com um pé no Enduro. Prova disso é o canote hidráulico retrátil e o espaço para upgrade de pneus de até 2,6″ de largura.

 

E aí. Qual mountain bike feminina mais te interessou?

Please reload

Posts Em Destaque

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo