Max Richeze é atropelado enquanto treinava na Argentina

 

O ciclista Max Richeze, da equipe Deceuninck-QuickStep, foi atropelado por um carro enquanto treinava em sua terra natal, nesta quarta-feira, sofrendo uma pancada muito forte no joelho.

 

Richeze estava treinando na Argentina, antes da Vuelta a San Juan, onde deverá começar a sua temporada de 2019 no final deste mês, ao lado do velocista Álvaro Hodeg. Ele foi atingido por um carro por trás e, apesar de reconhecer que as consequências poderiam ter sido muito mais graves, ele sofreu várias contusões, incluindo um joelho inchado, causando preocupação.

 

O ciclista, de 35 anos, disse ao Ciclismo Internacional: “Eu estava treinando na beira da estrada e não sei por que, me ocorreu olhar para trás. Eu vi um carro vindo muito na beira da estrada e percebi iria me bater. Se eu não tivesse visto o carro e tivesse me pegado mais desprevenido, poderia ter sido muito pior.”

 

Richeze sofreu uma lesão no joelho, mas vai passar por uma ressonância magnética para avaliar a gravidade.

 

Ele não descartou uma fratura ou dano nos ligamentos.

Please reload

Posts Em Destaque

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo