Assunto importante, portanto, sem polaridades, ok? Ah, vale lembrar, que de tão recorrente este assunto é que nem mesmo haverá de ser polêmico, sabe porquê?

 

O que tratamos neste texto é sobre o que temos ouvido e presenciado em nossa trajetória no movimento da bicicleta, pelos cantos mais remotos do país.

 

São queixumes, sim, deveras indignados. E por queixumes devemos entender um suspiro lamentável, mas que por vezes, toma forma de repulsa, medo, fobia, generalização, e sem nenhuma reserva, muita, mas muita raiva.

 

Oportunamente, vamos ficar apenas com a indignação inteligente.

 

Antes que os ‘cuecas’ de plantão se juntem em coro anti-mimimi, reacionário e antidemocrático, avisamos: as reclamações provém de milhares de mulheres e homens, que com muito bom senso, não admitem o pretexto da pedalada em grupo para promoção do assédio ou do xaveco.

 

No dicionário existem ocorrências para o ato de xavecar como sendo o de insinuar-se para alguém com intenções de namoro, conquista ou flerte. Também há ocorrências que explicam o ato de xavecar tendo conotação de tentar convencer alguém a fazer algo que, a princípio, esta não estaria a fim.

 

Por outro lado, também situamos a definição de xaveco como um tipo de embarcação muçulmana usada por piratas do Mar Mediterrâneo, entre os séculos XVIII e XIX, mas que também pode ser considerada um barco velho, em mau estado de conservação, vulnerável a naufrágios.

 

Sim, as tentativas de xavecar durante um pedal em grupo, em sua quase totalidade, são um grande naufrágio, não só para o investidor (a) egoísta e mau intencionado (a), mas para todo o grupo.

 

Mais grave ainda é que as pessoas atingidas e feridas na sua individualidade tendem a generalizar, o que evolui para uma atitude que leva a crer que todo ciclista faz as mesmas tentativas mau fadadas e de péssimo gosto.

 

Poxa, não dá para ver alguém de roupinha coladinha e colorida, com corpos bem treinados, que se fica irracional e voraz? Caraca, que fetiche sem gracinha, hein?!

 

Antes de pedalar em grupo, reveja os seus conceitos, cara pálida!

 

O ciclismo em grupo é um momento de transbordar simpatia, acolhimento, honradez, parceria, solidariedade, conhecimento e, principalmente, respeito.

 

Vou repetir: respeito.

 

E como não irei desenhar para quem ainda não entendeu, reforço dizendo que respeito é o ato de deferência e de reverência, a si, aos outros, aos ideais, às individualidades, à natureza, ao mundo e à existência.

 

Respeito é o ato mais profundo de civilidade, e nós que nos clamamos ciclistas fazendo uso do veículo da felicidade, a bicicleta, então, porque é que ainda estamos tendo a necessidade de tratar este assunto, hein?

 

Porque ainda é tão recorrente este mau estar que percebemos nos entreolhares e nas animosidades, justamente, em um dia de pedal que deveria ser tão generosamente especial para todos?

 

Será que ainda não conseguimos evoluir para a noção que qualifica uma relação amistosa entre homens e mulheres sem haver, necessariamente, intenção de conquista ou sexo?

 

Sim, a galera é simpática e tem bom humor, mas não está à disposição para a caça.

 

Pô, se você, homem ou mulher, está a fim de caçar vai para o Tinder ou qualquer coisa parecida, mas não estraga a nossa vibe, ok?

 

E antes que eu me esqueça: machista neandertal (subespécie do Homo Sapiens), vá procurar a sua turma!

Please reload

Posts Em Destaque

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

MISSÃO

- Promover a integração humana e o respeito à natureza, por intermédio de atividades ciclísticas.

 

- Promover o bem estar físico e mental e otimizar a qualidade de vida dos integrantes, em atividades esportivas semanais.

 

- Criar um ambiente de descontração, lazer e amizade entre os integrantes e suas respectivas famílias, garantindo liberdade de expressão.

 

- Fomentar o senso de responsabilidade social, agindo ativamente na busca da inclusão social e da cidadania plena.

VISÃO

Praticar atividades ciclísticas com o fim de colaborar para a construção de uma sociedade justa e igualitária, com respeito e preservação do planeta, reconhecendo os benefícios da prática do ciclismo, valorizando o esporte, participando ativamente de eventos esportivos e atividades de lazer e buscando o bem estar físico e mental de seus integrantes.

 

SUGESTÕES

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey YouTube Icon

© 2016 BY SIMPLECI.WIX.COM/HOME