Queda Bagunça Classificação Geral do Tour de France


Nibali, Dumoulin, Bardet e Uran já estão com 51 segundos de vantagem em relação a Froome, Porte e Yates.

Em 180km dos 201km, eles puderam se sentar com segurança no pelotão. A tensão subiu nos 20 km finais e então, de repente, com um toque de cotovelo em uma curva na luta pela posição a 10 km, Chris Froome (Team Sky) caiu. Um vídeo de outra bicicleta mostrou Froome tentando desesperadamente escalar o pelotão antes de tocar os cotovelos com Rik Zabel de Katusha e de repente sair da estrada para a vala.


Em uma fração de segundo, o Tour de France mudou drasticamente. Outros ciclistas também caíram e foram forçados a acelerar até a linha de chegada para limitar suas perdas de tempo. Nairo Quintana sofreu com duas rodas quebradas depois de bater em uma ilha de tráfego com cinco quilômetros para a chegada.


Em apenas cinco quilômetros, a etapa plana e sem graça abalou a classificação geral, com vencedores e perdedores instantâneos e o relógio no final, medindo a intensidade do terremoto.

Sessenta e três pilotos terminaram no mesmo tempo que o vencedor da etapa e o primeiro líder da corrida, Fernando Gaviria (Quick-Step Floors). Os favoritos na classificação geral que passaram sem problemas foram Vincenzo Nibali (Barém-Mérida), Geraint Thomas (Team Sky), Romain Bardet (AG2R La Mondiale), Tom Dumoulin (Equipe Sunweb), Mikel Landa e Alejandro Valverde (Movistar), Ilnur Zakarin ( Katusha-Alpecin), Rigoberto Uran (EF Educação First-Drapac) e Dan Martin (Team Emirates).


Os prejudicados estavam em menor número, mas incluíram Froome, Quintana, Richie Porte (BMC Racing) e Adam Yates (Mitchelton-Scott). O colombiano, Nairo Quintana, perdeu mais, terminando em 1:15 abaixo dos listados acima.

foto: Bettini


Froome, Porte e Yates perderam 51 segundos. Pode ser muito, decisivo no Tour de France deste ano, ou pode significar pouco depois da etapa 9 de Roubaix, ou dos Alpes, Pirineus e ainda do contra-relógio final. O tempo vai dizer. No entanto, o vice-campeão do ano passado, 2017, Uran terminou apenas 54 segundos atrás do Froome em Paris, com Bardet em terceiro às 2:20. Cada segundo conta ao longo de três semanas de corridas e é o que torna as corridas do Grand Tour tão fascinantes.


Posts Em Destaque
Posts em breve
Fique ligado...
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

MISSÃO

- Promover a integração humana e o respeito à natureza, por intermédio de atividades ciclísticas.

 

- Promover o bem estar físico e mental e otimizar a qualidade de vida dos integrantes, em atividades esportivas semanais.

 

- Criar um ambiente de descontração, lazer e amizade entre os integrantes e suas respectivas famílias, garantindo liberdade de expressão.

 

- Fomentar o senso de responsabilidade social, agindo ativamente na busca da inclusão social e da cidadania plena.

VISÃO

Praticar atividades ciclísticas com o fim de colaborar para a construção de uma sociedade justa e igualitária, com respeito e preservação do planeta, reconhecendo os benefícios da prática do ciclismo, valorizando o esporte, participando ativamente de eventos esportivos e atividades de lazer e buscando o bem estar físico e mental de seus integrantes.

 

SUGESTÕES

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey YouTube Icon

© 2016 BY SIMPLECI.WIX.COM/HOME