Preço de bicicletas deve subir com guerra comercial EUA x China

 

As bicicletas importadas da China vão ficar mais caras em breve e o que não era doce vai ficar um pouco mais amargo. A culpa é da guerra comercial declarada pelos Estados Unidos contra a China. A decisão do USTR (United States Trade Representative) de sobretaxar em 25% produtos made in China vai encarecer 284 itens, entre eles bicicletas e uma grande lista de componentes e matérias-primas.

 

A taxação vai ter impacto nas lojas dos Estados Unidos em questão de meses e, consequentemente, no bolso do consumidor daquele país. 

 

O novo e promissor mercado das bikes elétricas que atualmente movimenta US$ 16 bilhões vai sofrer bastante com a mudança, que deverá atingir diretamente gigantes do setor como Trek, Giant, Raleigh Electric, Pedego e muitas outras e-bikes Made in China.

 

Além de bicicletas e e-bikes, uma outra lista com 818 produtos divulgada pela USTR vai sobretaxar componentes diversos como rolamentos e aparelhos de GPS. A Garmin, Lezyne e Bryton não serão prejudicadas, já que fabricam em Taiwan e escapam da retaliação, mas fabricantes como Wahoo Fit e Stages Cycling vão sofrer as consequências e estudam mudar suas fábricas para fora da China.

 

Vale lembrar que rolamentos são fundamentais em qualquer bicicleta e estão presentes nas rodas, pedais, movimento central e na caixa de direção. Uma das indústrias diretamente afetadas pela sobretaxa é a Wheels Manufacturing, que fabrica rodas nos Estados Unidos e usa 2.500kg por dia de alumínio. Fabricantes de raios de inox também vão ter que aumentar preços para se adequarem à nova realidade.

 

Mas não é só a indústria da bicicleta que foi afetada. O protecionismo do governo Trump também afeta outros ramos da indústria norte-americana e até a centenária Harley-Davidson protestou e ameaçou mudar suas fábricas para outros países.

 

Ruim para a China, melhor para Taiwan. As exportações do pequeno país asiático tem crescido e devem crescer ainda mais. Só no mês de abril as exportações de e-bikes de Taiwan para os EUA aumentaram 34%. Taiwan também se beneficiou do aumento da exportação de câmbios para os Estados Unidos, com crescimento de 30% no primeiro trimestre deste ano.

 

Representantes da indústria de bicicletas já se movimentam com campanhas de esclarecimento para o público e outras ações políticas junto ao congresso para tentar reverter a decisão do governo.

 

O impacto dos preços das bikes importadas da China diretamente para o Brasil ainda é incerto.

 

Please reload

Posts Em Destaque

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

MISSÃO

- Promover a integração humana e o respeito à natureza, por intermédio de atividades ciclísticas.

 

- Promover o bem estar físico e mental e otimizar a qualidade de vida dos integrantes, em atividades esportivas semanais.

 

- Criar um ambiente de descontração, lazer e amizade entre os integrantes e suas respectivas famílias, garantindo liberdade de expressão.

 

- Fomentar o senso de responsabilidade social, agindo ativamente na busca da inclusão social e da cidadania plena.

VISÃO

Praticar atividades ciclísticas com o fim de colaborar para a construção de uma sociedade justa e igualitária, com respeito e preservação do planeta, reconhecendo os benefícios da prática do ciclismo, valorizando o esporte, participando ativamente de eventos esportivos e atividades de lazer e buscando o bem estar físico e mental de seus integrantes.

 

SUGESTÕES

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey YouTube Icon

© 2016 BY SIMPLECI.WIX.COM/HOME