Chinês amputado das duas pernas chega ao cume do Everest

Em 1975 o chinês enfrentou uma tempestade no topo, sofreu congelamento e perdeu os pés

 

 

O montanhista chinês Xia Boyu, amputado das duas pernas, completou nesta segunda-feira (14) o sonho de alcançar o cume do Everest em sua quinta tentativa. Xia tem 69 anos e chegou ao topo nas primeiras horas de hoje pela face sul (Nepal).

 

Xia fez parte da equipe chinesa que, em 1975, sofreu uma tempestade no topo. Faltando oxigênio e exposto a temperaturas polares, o alpinista sofreu um congelamento severo e perdeu ambos os pés.

 

As duas pernas do montanhista foram amputadas em 1996, logo abaixo do joelho, depois que os médicos descobriram um linfoma, um tipo de câncer no sangue.

 

O feito do chinês foi anunciado e confirmado pela agência organizadora Imagine Trek and Expedition. No final do ano passado, o Governo do Nepal divulgou que proibiria a subida ao topo de pessoas duplamente amputadas e de cegos. A medida foi suspensa pela Justiça, devido a seu caráter discriminatório.

 

Durante sua última tentativa, em 2016, o mau tempo o obrigou a voltar quando estava a 200 metros do cume. O único duplo amputado a chegar ao topo do mundo antes dele foi o neozelandês Mark Inglis, em 2006.

 

Na tradicional temporada de primavera no Everest quase 700 pessoas devem tentar escalar a montanha de maior altitude da Terra nas próximas semanas.

Please reload

Posts Em Destaque

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

MISSÃO

- Promover a integração humana e o respeito à natureza, por intermédio de atividades ciclísticas.

 

- Promover o bem estar físico e mental e otimizar a qualidade de vida dos integrantes, em atividades esportivas semanais.

 

- Criar um ambiente de descontração, lazer e amizade entre os integrantes e suas respectivas famílias, garantindo liberdade de expressão.

 

- Fomentar o senso de responsabilidade social, agindo ativamente na busca da inclusão social e da cidadania plena.

VISÃO

Praticar atividades ciclísticas com o fim de colaborar para a construção de uma sociedade justa e igualitária, com respeito e preservação do planeta, reconhecendo os benefícios da prática do ciclismo, valorizando o esporte, participando ativamente de eventos esportivos e atividades de lazer e buscando o bem estar físico e mental de seus integrantes.

 

SUGESTÕES

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey YouTube Icon

© 2016 BY SIMPLECI.WIX.COM/HOME