Cape Epic: Raiza vence etapa final; Avancini e Fumic encerram em 3º


A dupla que reúne o brasileiro Henrique Avancini e o alemão Manuel Fumic (Cannondale Factory Racing) encerrou a ultramaratona Cape Epic, na África do Sul, que terminou neste domingo (25 de março), em 3º lugar na classificação geral. “Tivemos o dia mais difícil de todos, uma queda do Fumic no começo, com uma fratura no dedo, e ainda um rasgo de pneu para mim na última descida. No final, mais um grande passo adiante na minha carreira e feliz em colocar nosso Brasil entre os melhores do mundo”, disse Avancini.


O último dia confirmou a vitória da dupla formada pelo tcheco Jaroslav Kulhavy e o norte-americano Howard Grotts (Investec Song Specialized), que cruzou a meta em 2º lugar, 48 segundos depois dos vencedores do dia, Fabian Rabensteiner e Michele Casagrande (Trek Selle San Marco 2).


Avancini e Fumic encerram a 7ª e última etapa em 9º lugar, a 5min34s, e voltaram para a 3ª colocação na geral depois que Alban Lakata e Kristian Hynek (Canyon Topeak), dupla que disputava a segunda colocação na geral com a dupla da Cannondale, ficou em 4º lugar, a 1min39s. A etapa teve 70 km de percurso, em 2 mil metros de subida acumulada.


Na classificação geral, Lakata e Hynek foram os vices, a 9min38s, e Avancini e Fumic, em 3º, encerraram a 13min12s.


Esta foi a 3ª vez que o tcheco Kulhavy, ouro em Londres-2012 e prata na Rio-2016 no MTB, venceu a ultramaratona. Nas duas primeiras, em 2013 e 2015, seu parceiro foi o suíço Christoph Sauser.


No feminino, a dupla formada pela brasileira Raiza Goulão e a francesa Margot Moschetti (PMRA/CST Racing) quebrou a invencibilidade das campeãs Annika Langvad e Kate Courtney (Investec Songo), que conquistaram o título com 46 minutos de vantagem sobre Sabine Spitz e Robyn De Groot (Ascendis Health).


A vitória na etapa final garantiu mais uma posição na classificação geral para Raiza e Margot, que foram de 6º para 5º lugar.


Na Master, a dupla que reúne os ex-ciclistas George Hincapie e Christian Vande Velde (Absa – WBR) venceu a etapa final. Massimo Debertolis e Ondrej Fojtik (Wilier Force 7C 2), em 2º lugar, confirmaram a vitória na classificação geral da categoria. A dupla do holandês Bart Brentjens e o brasileiro Abraão Azevedo (CST Sandd A. Eagle AAZ) cruzou em 4º lugar na etapa e encerrou a disputa na 2ª colocação da categoria, a 11 minutos.


Posts Em Destaque
Posts em breve
Fique ligado...
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

MISSÃO

- Promover a integração humana e o respeito à natureza, por intermédio de atividades ciclísticas.

 

- Promover o bem estar físico e mental e otimizar a qualidade de vida dos integrantes, em atividades esportivas semanais.

 

- Criar um ambiente de descontração, lazer e amizade entre os integrantes e suas respectivas famílias, garantindo liberdade de expressão.

 

- Fomentar o senso de responsabilidade social, agindo ativamente na busca da inclusão social e da cidadania plena.

VISÃO

Praticar atividades ciclísticas com o fim de colaborar para a construção de uma sociedade justa e igualitária, com respeito e preservação do planeta, reconhecendo os benefícios da prática do ciclismo, valorizando o esporte, participando ativamente de eventos esportivos e atividades de lazer e buscando o bem estar físico e mental de seus integrantes.

 

SUGESTÕES

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey YouTube Icon

© 2016 BY SIMPLECI.WIX.COM/HOME