Gabriel Giovannini vence a Descida das Escadas de Santos

 

Quebrando um jejum de quase dez anos sem vitórias brasileiras, o paulista Gabriel Giovannini, 25, venceu ontem (4) a prova de downhill urbano Descida das Escadas de Santos, que acontece todos os anos no país desde 2003. O último brasileiro a sagrar-se campeão da competição tinha sido Wallace Miranda, em 2009. 

 

Ao todo, oitenta atletas participaram da competição, representando Brasil, Equador, Chile, Colômbia e Espanha. As eliminatórias foram disputadas no sábado, e os dez finalistas brigaram pelo título no domingo.

 

Gabriel mostrou seu favoritismo ao passar para a final com o melhor tempo, e repetiu a performance para levar o ouro para casa. Gabriel completou o percurso em 56s435. Ele já tinha começado bem o ano, vencendo a Copa América de Downhill 4X, em janeiro. 

 

Gabriel Giovannini já com a coroa de rei do downhill das escadas de Santos (Foto: Reprodução A Tribuna)

 

Dificuldades

 

“Logo no começo eu prendi os dois pés, não consegui passar aquele trecho pedalando. Aí já vieram mil coisas na cabeça, pensei: “Já era, não foi meu dia”, contou o atleta.

 

“Vim pedalando onde não dava. No fim, no último pulo, o pneu ainda saiu do aro, mas estava bem no finalzinho, deu para levar”, contou Gabriel, filho de Miguel Giovannini, também ciclista, com títulos brasileiros nas categorias cross country e downhill. 

 

Com um trajeto marcado pelas curvas fechadas e pela forte inclinação das escadas, a Descida oferece um espetáculo com muita adrenalina para o público, que lota vários pontos ao longo do percurso para acompanhar a passagem veloz dos atletas. 

 

Tradição

 

A Descida das Escadas de Santos teve sua primeira edição realizada em 2003, sendo a primeira grande competição de downhill urbano realizada no país. Inicialmente, a prova era disputada na escadaria do Monte Serrat, na região central da cidade costeira.

 

A partir de 2015, a prova passou a ser realizada no circuito do Morro do Pacheco, que tem 514 degraus em uma pista de 600 metros de extensão e desnível de 143 metros (altura equivalente a um prédio de 45 andares).  

 

O recorde de tempo na Descida das Escadas de Santos é do polonês Filip Polc, que cravou 55s760 em 2015, quando a prova ainda acontecia nas escadarias do Monte Serrat. Seu melhor tempo no Morro do Pacheco é de 58s895, em 2016 – Filip venceu a disputa cinco vezes seguidas, de 2012 a 2016. 

 

 

Please reload

Posts Em Destaque

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo