O sucesso da Pedaleria, que chega aos 500 vídeos no YouTube

December 14, 2017

 

Eduardo Tadeu da Fonseca, o “Edu Capivara”, se surpreende quando, a pedido da reportagem, conta quantos vídeos o canal Pedaleria já publicou e descobre que foram 499. Nesta semana, portanto, o 500º vídeo vai para o YouTube, em um projeto que começou em 2014 e se tornou case na plataforma mais popular de vídeos da internet.

 

Capivara relembra como ganhou o apelido, dado por um professor de Matemática após uma conquista em uma prova de bicicross: “O professor era brincalhão, eu também. Um dia venci uma corrida e ele me felicitou e não sei porque me chamou de Capivara, depois escreveu o símbolo matemático K, a letra grega pi e desenhou uma vara de pescar na lousa”, diverte-se. O apelido pegou e o acompanhou no esporte e na vida.

 

Capivara se tornou uma referência do bike trial, esporte que ajudou a implantar no Brasil nos anos 1980, competiu e organizou provas, depois foi parar na TV e trabalhou durante quatro anos na Record, com a apresentadora Eliana, quando ganhou o “nome e sobrenome” Edu Capivara, e até hoje é delegado internacional da BIU (Biketrial International Union).  

 

O Pedaleria começou pra valer em fevereiro de 2015 como um blog com um canal de vídeos e página no Facebook depois de muitas apresentações de trial Brasil afora, eventos no Exterior e competições. “Sou formado em publicidade e resolvi voltar para o ramo, em uma agência de criação com meu cunhado e o primo dele. A gente fazia de tudo, de logotipo a campanhas inteiras, mas aí um dia surgiu a ideia da Pedaleria. Era agosto de 2014 e passamos meses na criação; avisamos os funcionários que íamos mudar de trabalho e alguns foram embora”, relata Capivara.

 

Capivara e o cunhado, Fernando Luis Campoi, levaram a ideia adiante, já sem o primo. “Nasceu como um blog com textos, fotos e vídeos, sem repostar nada de ninguém, conteúdo próprio”, conta. Depois, Lucas Tadeu Fonseca, filho de Capivara, juntou-se ao projeto, que conta ainda com o apoio da esposa e do sogro. “Em fevereiro de 2015 nós nos tornamos um Canal de Vídeos do YouTube e a aceitação foi grande”, lembra.

 

Hoje, os vídeos são o carro-chefe da Pedaleria, que conta com mais de 400 mil inscritos no canal, e o sucesso de audiência chamou a atenção do próprio YouTube. “O projeto se mostrou tão grande que o YouTube designou um gerente para cuidar da gente”, conta Capivara. E as transmissões ao vivo são um grande sucesso. “A Live é feita com cara de TV, com recursos, informações, legendas.”

 

A visibilidade levou a Pedaleria para eventos fora do Brasil, como a feira Interbike, nos Estados Unidos. “Fomos três vezes seguidas e em uma delas fomos a capa da revista da feira”, destaca. Além dos internautas brasileiros, os portugueses também estão entre os visitantes mais frequentes.

 

“Nosso objetivo é ajudar a fazer as coisas gastando menos. Em feiras e eventos lojistas e mecânicos me dizem que nossas dicas os salvaram. E tem também quem não faz, mas quer saber como é para ter uma noção na hora de ir ao mecânico, por exemplo”, completa Capivara. Há também o desenvolvimento de ferramentas e a primeira delas é uma para abrir freehub para fazer manutenção. “Projetamos e lançamos.” 

 

“E olha que no começo a gente não sabia se iam gostar e falávamos assim: será que em um ano teremos uns 30 mil fãs no Facebook? Mas no primeiro mês já batemos a marca”, lembra Capivara. Tanto acesso rende de 400 a 500 comentários por dia. “Deito e levanto pensando nisso”, diz.

Please reload

Posts Em Destaque

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo