12 horas no grau! Entrevista com brasileiro recordista mundial

 

Enrolado em uma goma de mascar, um sonho tomou a trajetória do ciclista Leandro Sekko. O atleta profissional de Wheeling Bike já gostava de empinar a bicicleta antes mesmo da modalidade ser nomeada oficialmente, e as voltas em uma só roda pelos quarteirões de Curitiba se tornaram um recorde mundial; Doze horas, um minuto e seis segundos empinando a bicicleta.

 

“Uma vez fui mascar um chiclete e a figurinha que o acompanha falava sobre um recorde mundial de um norte-americano que tinha empinado a bike por mais de cinco horas. Foi quando tive pela primeira vez a ideia de ser um recordista”, conta Sekko.

 

Já aos 14 anos, Leandro começou a representar a equipe Pro Tork Arte e Domínio Show, especializada em manobras radicais com motos e bicicletas. Há 17 anos, Sekko realiza apresentações em todo o Brasil e na América do Sul espalhando a cultura do Wheeling Bike.

 

O sonho de menino começou a se tornar realidade quando em 2008, Leandro conquistou o título brasileiro com a marca de oito horas empinando a bicicleta com apenas quatro pausas de cinco minutos. Com os mesmo intervalos, em 2010, o ciclista se superou totalizando 11 horas, 12 minutos e quatro segundos em uma só roda.

 

Mas foi no último mês de novembro que Leandro Sekko superou a si mesmo e ao mundo todo. Por 12 horas, um minuto e seis segundo ININTERRUPTOS, o ciclista empinou a bicicleta pedalando em circulo no Ginásio Tarumã, em Curitiba, com toda a infraestrutura necessária para que o recorde seja registrado mundialmente.

 

O Guinness World Records já está fazendo a análise dos vídeos de Leandro para registrar a marca que supera o recorde anterior, também de um brasileiro – Leandro Basseto – de 10 horas, 40 minutos e oito segundos ininterruptos.

 

“Foi um desafio realmente desgastante. Agora só de pensar que fiquei 12 horas em uma só roda já me dói o corpo inteiro. Ainda estou me recuperando; os músculos, a mente, tudo”, comenta o atleta sobre o feito impressionante.

 

Além da alimentação durante o desafio feita com uma só mão, Leandro se preparou por mais de três meses antes do dia D. No último mês, foram cerca de seis horas diárias empinando a bicicleta para poder quebrar o recorde mundial.

 

O vídeo do 12 minutos que resume as 12 horas do feito está prestes a bater a marca de um milhão de visualizações em seu canal no YouTube. “O recorde bombou as minhas redes sociais. Antes eu não tinha nem 20 mil inscritos no canal, esse número mais que dobrou!”, comenta o atleta que garante que irá alimentar mais o canal para delírio de seus fãs.

 

Quando perguntamos sobre os planos para um próximo recorde, Leandro ponderou que isso está fora de cogitação – “nem quero pensar nisso. Ainda estou voltando a sentir meu corpo aos poucos”-. Aos 34 anos, Leandro quer mesmo aproveitar os frutos desse grande feito e se dedicar aos negócios no setor de vestuário no qual atua.

Please reload

Posts Em Destaque

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo