Tour de France: semana final volta aos Alpes, com Galibier e Izoard


A terceira e última semana do Tour de France retorna aos Alpes para novas batalhas nas montanhas e passagens por cenários icônicos da competição. Na quarta-feira (19 de julho) o pelotão encara o Col du Galibier e, no dia seguinte, o Col d’Izoard.


A derradeira semana começa nesta terça-feira (18 de julho) com uma etapa de transição, sem grandes dificuldades, para preparar o pelotão para o que vem por aí. A 16ª etapa terá 165 km, entre Le Puy-en-Velay a Romans-sur-Isère.


A 17ª etapa, na quarta-feira (19 de julho), vai percorrer 183 km, de La Mure Serre a Chevalier. No retorno aos Alpes é hora de escalar o icônico Col du Galibier, antes de passar pelo Col d’Ornon, Col de la Croix de Fer e Col du Télégraphe.


Vale destacar que quem passar primeiro pelo topo do Galibier, a 2.642 m, levará o prêmio Henri Desgrange, em memória ao fundador do Tour. O Galibier faz parte da história do Tour e já integrou o percurso da prova em outras 32 edições. A última vez do pelotão ali foi em 2011.


No dia seguinte, na quinta-feira (20 de julho), o Tour de France retorna ao Col d’Izoard. A 18ª etapa, com 179,5 km a partir de Briançon, é considerada uma das mais duras da edição de 2017, principalmente após tantos dias de estrada.


O Col d’Izoard, uma subida HC com 14km e 7,3% de inclinação média a uma altitude de 2.360m, estreou na competição em 1922 e entra no percurso da prova pela 35ª vez em 104 edições. A novidade agora é que a meta será no seu topo.


Na sexta-feira (21 de julho), a 19ª etapa será novamente acima dos 200 km e a mais longa da edição do Tour 2017. O pelotão vai percorrer 222,5 km de Embrun a Salon-de-Provence e será, principalmente, um dia para evitar problemas e chegar inteiro para a 20ª e penúltima etapa, no sábado (22 de julho), quando será disputada a segunda prova de contrarrelógio individual do Tour.


A etapa final do Tour, no domingo (23 de julho), será, como manda a tradição, de Montgeron a Paris, com 103km de percurso e chegada no Champs-Élysées. Como a capital francesa está em plena campanha para se tornar sede dos Jogos Olímpicos de 2024, o último dia do Tour vai prestigiar e espalhar a mensagem do potencial olímpico parisiense.


Posts Em Destaque
Posts em breve
Fique ligado...
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

MISSÃO

- Promover a integração humana e o respeito à natureza, por intermédio de atividades ciclísticas.

 

- Promover o bem estar físico e mental e otimizar a qualidade de vida dos integrantes, em atividades esportivas semanais.

 

- Criar um ambiente de descontração, lazer e amizade entre os integrantes e suas respectivas famílias, garantindo liberdade de expressão.

 

- Fomentar o senso de responsabilidade social, agindo ativamente na busca da inclusão social e da cidadania plena.

VISÃO

Praticar atividades ciclísticas com o fim de colaborar para a construção de uma sociedade justa e igualitária, com respeito e preservação do planeta, reconhecendo os benefícios da prática do ciclismo, valorizando o esporte, participando ativamente de eventos esportivos e atividades de lazer e buscando o bem estar físico e mental de seus integrantes.

 

SUGESTÕES

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey YouTube Icon

© 2016 BY SIMPLECI.WIX.COM/HOME