Kittel, insuperável, fatura 5ª vitória no Tour de France 2017

 

Marcel Kittel (QuickStep-Floors) continua insuperável. Nesta quarta-feira (12 de julho), conquistou sua 5ª vitória no Tour de France ao faturar o sprint da 11ª etapa, com 203,5 km, de Eymet a Pau. O alemão cruzou, a exemplo da etapa anterior, com clara vantagem. Dylan Groenewegen (LottoNL-Jumbo) e Edvald Boasson Hagen (Dimension Data) ficaram em 2º e 3º, respectivamente.

 

“É incrível, às vezes eu acho que, quando você está momento do sprint, é como jogar Tetris. Nos últimos sprints eu sempre encontrei o lugar certo para me encaixar. Nunca cometi um erro e todas as linhas para o sprint foram perfeitas”, comemorou Kittel. “É tão bom dar uma vitória para a equipe. Julien trabalhou hoje, Philippe Gilbert trabalhou hoje, e Jack Bauer trabalhou hoje. Todos são campeões”, completou Kittel, que atinge a marca de 14 vitórias em edições do Tour.

 

Chris Froome (Sky) terminou em segurança e manteve a liderança de 18 segundos sobre Fabio Aru (Astana). Romain Bardet (AG2R-La Mondiale), que teve uma queda na etapa, continua em 3º, a 51 segundos.

 

O dia foi marcado pela fuga de Maciej Bodnar (Bora-Hansgrohe), que estava no grupo escapado e atacou a 23 km da chegada. Bodnar, que seguiu sozinho até ser alcançado a 500 metros da meta, recebeu o prêmio de mais combativo da etapa.

 

Também houve quedas, como a que tirou Dario Cataldo (Astana) da competição. O líder da equipe, Jakob Fuglsang, se envolveu no acidente, mas sem gravidade. Alberto Contador (Trek-Segafredo) foi outro que caiu, também sem gravidade. O espanhol está em 12º na classificação geral, a mais de 5 minutos do líder Froome, e tem perdido tempo a cada etapa.

 

Na classificação das camisas, Kittel segue com a verde da classificação por pontos, e não há mudanças. Adam Yates (Orica-Scott) manteve a banca de melhor jovem e Warren Barguil (sunweb) a de bolinhas vermelhas da classificação de montanha.

 

Nesta quinta-feira (13) voltam as montanhas, agora com o pelotão nas alturas do Pirineus. A muito esperada 12ª etapa, de Pau a Peyragudes, com 214,5km, promete novas batalhas entre os escaladores, com as pernas descansadas dos dias anteriores, e, quem sabe, mudanças na classificação geral.

 

Longa e com cinco subidas categorizadas, a primeira metade do percurso não dá pistas sobre a dureza que aguarda o pelotão nos últimos 100 km. Os últimos 41 km são praticamente todo em subida e o último km chega a ter 16% de inclinação.

 

Até domingo, o pelotão terá quatro dias seguidos nas montanhas. Leia mais aqui

 

TOP 10 DA CLASSIFICAÇÃO GERAL
1 Marcel Kittel (Ger) Quick-Step Floors 4:34:27
2 Dylan Groenewegen (Ned) Team LottoNl-Jumbo m.t.
3 Edvald Boasson Hagen (Nor) Dimension Data m.t.
4 Michael Matthews (Aus) Team Sunweb m.t.
5 Daniel Mclay (GBr) Team Fortuneo – Oscaro m.t.
6 Davide Cimolai (Ita) FDJ m.t.
7 André Greipel (Ger) Lotto Soudal m.t.
8 Nacer Bouhanni (Fra) Cofidis, Solutions Credits m.t.
9 Ben Swift (GBr) UAE Team Emirates m.t.
10 Danilo Wyss (Swi) BMC Racing Team m.t.

 

TOP 10 DA CLASSIFICAÇÃO GERAL
1 Christopher Froome (GBr) Team Sky 47:01:55
2 Fabio Aru (Ita) Astana Pro Team 0:00:18
3 Romain Bardet (Fra) AG2R La Mondiale 0:00:51
4 Rigoberto Uran (Col) Cannondale-Drapac 0:00:55
5 Jakob Fuglsang (Din) Astana Pro Team 0:01:37
6 Daniel Martin (Irl) Quick-Step Floors 0:01:44
7 Simon Yates (GBr) Orica-Scott 0:02:02
8 Nairo Quintana (Col) Movistar Team 0:02:13
9 Mikel Landa (Esp) Team Sky 0:03:06
10 George Bennett (NZl) Team LottoNl-Jumbo 0:03:53

Please reload

Posts Em Destaque

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

MISSÃO

- Promover a integração humana e o respeito à natureza, por intermédio de atividades ciclísticas.

 

- Promover o bem estar físico e mental e otimizar a qualidade de vida dos integrantes, em atividades esportivas semanais.

 

- Criar um ambiente de descontração, lazer e amizade entre os integrantes e suas respectivas famílias, garantindo liberdade de expressão.

 

- Fomentar o senso de responsabilidade social, agindo ativamente na busca da inclusão social e da cidadania plena.

VISÃO

Praticar atividades ciclísticas com o fim de colaborar para a construção de uma sociedade justa e igualitária, com respeito e preservação do planeta, reconhecendo os benefícios da prática do ciclismo, valorizando o esporte, participando ativamente de eventos esportivos e atividades de lazer e buscando o bem estar físico e mental de seus integrantes.

 

SUGESTÕES

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey YouTube Icon

© 2016 BY SIMPLECI.WIX.COM/HOME